Toda boa decoração conta com quadros, basta escolher a maneira certa de utiliza-los e sua casa vai ganhar um aspecto a mais que vai fazer toda a diferença.

Eles podem ser pinturas, fotografias ou desenhos, em qualquer forma sempre vão ser bem-vindos na decoração. Quadros são objetos íntimos e que demostram a personalidade do morador da casa, desde o tamanho até o estilo desejado representam a pessoa que o escolheu.

Podem ser partes complementares de uma decoração ou até o fator principal dela, quadros são verdadeiros milagres quando se quer uma sintonia e customização dos ambientes. É preciso seguir algumas regrinhas para quando for adotar quadros na sua decoração, eles são excelentes porém o mal uso pode deixar o ambiente desarmônico, desproporcional e nada agradável aos olhos.

Altura para pendurar

 

062db87a4633aff7c958b653e6585937

Essa decisão é complicada, nunca sabemos ao certo em que altura pendurar o quadro para que ele fique em uma linha boa para todas as pessoas. O ideal é que se pendure o quadro de forma que seu centro fique a 1,60m do chão, assim ele fica em uma boa altura tanto para os mais altos quanto para os mais baixos. O quadro que estiver sobre o sofá deve-se deixar um espaço entre 20 e 25cm do encosto até a moldura para que não atrapalhe quem está sentado. Sobre uma cama ele deve estar a 60cm do chão caso não haja cabeceira e a 20cm da cabeceira se houver.

Composição e alinhamento

 

5ed9cfd692c2a80026f919e8b80c964d

É preciso entender que deve-se buscar o equilíbrio entre o quadro e o ambiente, você pode usar apenas um quadro ou uma composição com vários deles. Da mesma forma que muitos quadros podem acabar poluindo o ambiente, apenas um quadro pode deixar a sensação do vazio, tudo depende do espaço em que ele ou eles iram ficar.

O tamanho do quadro deve acompanhar o tamanho da parede, se a parede é espaçosa pode apostar em um quadro grande ou em uma combinação com vários. Se a parede for pequena então tome cuidado e prefira quadros menores.

Quando for fazer essa composição de quadros tenha em mente como se todos fossem apenas um, delimite um espaço e crie uma linha imaginaria para eles. É legal alinhar sem deixar transparecer que estão alinhados, escolha a parte de cima ou de baixo para deixar os quadros na mesma linha e altura, nas outras podem ser diferentes.

Cômodos

 

debaixo_da_escada_capa

Escadas: quadros que acompanham as escadas devem seguir o alinhamento dos degraus.

Corredores: é o local onde os quadros vão ser vistos de perto, portanto escolha quadros menores.

Sala de jantar: pode apostar em quadros grandes, são indicados temas de natureza morta como flores e frutas, porém isso fica a seu critério e não existe uma regra.

Sala de estar: é onde geralmente as visitas costumam se acomodar, use algo que lembre toda a decoração da casa e mostre um pouco da sua personalidade na escolha do quadro. O tamanho fica por sua conta, quadros compostos por partes são diferentes e uma boa ideia para a sala.

Quarto: é o ambiente mais íntimo da casa, onde você pode mudar completamente a decoração em relação aos outros cômodos. No quarto a escolha é sua, respeitando a altura mínima de 1,60 do chão, 60cm da cama ou 20cm da cabeceira você pode escolher o estilo e tamanho que deseja usar.

É interessante preencher toda a extensão da cama com quadros, ou agrupar vários quadros de tamanhos iguais ou diferentes em um cantinho do quarto. Quartos de crianças e adolescentes podem ser compostos por cores alegres e estilos que despertem a curiosidade e criatividade.

Para ter uma ideia de como os quadros iram ficar e decidir como é melhor pendura-los, recorte papéis do tamanho e formato dos quadros desejados e fixe com fita adesiva na parede, assim você visualiza o espaço e como vai ficar.

Olá visitante, que tal deixar um comentário?