Cor é sentimento, é emoção!

Sabe aquela velha frase clichê “A primeira impressão é a que fica” – totalmente verdadeira!

Quando você entra numa clínica ou consultório médico, é inevitável reparar nas cores, nos móveis, nos objetos decorativos e claro no atendimento. Essa percepção é, muitas vezes, involuntária; o ambiente pode ter sido planejado e pensado ao ponto de causar uma sensação no paciente, que pode ser de confiança, de segurança, de bem-estar, de conforto, ou tudo isso junto. Um dos objetivos é fazer com que o paciente entre no consultório, para ser atendido, mais calmo e sereno podendo explicar com mais tranquilidade o que lhe preocupa.

Por isso, se está pensando em decorar sua clínica ou consultório, você precisa planejar e pensar bem na paleta de cores, assim como nos móveis e objetos.

Que sentimento quer causar?

Puxando de suas memórias, nas clínicas pelas quais passou, o azul e branco sempre estiveram bastante presentes na decoração.  Eles são mesmo precursores, mas saiba que você pode variar nas cores sem sair do foco, ou seja, existem muitas formas de decorar uma clínica deixando-a bonita, clean e confortável, e usando outras opções de cores.

consultório1

Psicologia das cores

A psicologia das cores é um estudo que mostra como o cérebro interpreta as cores captadas pela retina. As cores captadas são transformadas em sensações que percorrem todo o corpo e despertam emoções. É por isso que ela desempenha uma grande influência no ambiente.

Para projetos arquitetônicos de clínicas, a psicologia das cores desempenha um papel ainda maior do que apenas despertar emoções ou provocar sensações. Lembrando que toda a estrutura de uma clínica deve ser desenvolvida pensando na qualidade de vida do paciente.

Você pode pesquisar e decorar sozinho sua clínica como pode contratar um arquiteto que neste contexto desenvolverá um projeto com uma paleta de cores que possa criar um ambiente agradável, e gerar uma sensação de conforto tanto para os pacientes quanto para os funcionários.

Como escolher a cor correta?

Como dissemos, a cor remete a uma sensação, a um sentimento.

Se você é dentista, não vai decorar seu consultório com rosa (a menos que só atenda o público feminino), nem vermelho, que remete a sangue (perderá boa parte dos clientes e o que sobrar sentará na famosa cadeira do dentista com medo).

Agora, diferente é se sua especialidade é voltada a ginecologia. Aí sim, tons em rosa e papeis de parede florais são super bem-vindos.

papel-parede-oxford-sfcol-cherry-blossom-soft-pink-20-811-rolo

O consultório do médico pediatra é o que mais permite variação de cores. Criar confiança em adultos não é tarefa fácil, e em crianças é 2 vezes mais difícil. Portanto os pequenos precisam se sentir à vontade, confortáveis e em casa. A consulta precisa causar prazer a criança e não estresse ou medo. Uma opção de papel de parede para consultórios pediátrico é o papel de parede lousa, onde a criança pode desenhar enquanto é examinada ou enquanto os pais passam o boletim ao médico.

papel-de-parede-adesivo-de-lousa

Então, qual cor usar?

Existe uma infinidade de cores e possibilidades a serem usadas na decoração de uma clínica, mas todo o projeto depende do segmento.

Pediatria

O amarelo é estimulante, inspira autoestima.
O verde está relacionado ao meio ambiente, traz a sensação de equilíbrio, harmonia e bem-estar.
Azul é uma cor fria e tranquilizante, propícia para um ambiente onde se promove a saúde mental.
Cor branca está associada à paz, pureza e limpeza, dá a sensação de um local amplo.

Odontologia

Nas clínicas odontológicas, o público é mais variado (faixas etárias distintas). Neste caso, cores neutras e tons pastéis podem ajudar a criar um ambiente menos frio.
Marrom e bege são boas opções por serem cores sólidas, o ideal é usar tons mais claros.

Psicologia

Opte por uma junção cuidadosa de tons mais próximos do marrom, bege e cinza.
A decoração é muito importante pelo fato de serem frequentadas por pacientes que estão frequentemente tristes e angustiados, por isso evite cores vibrantes.

Olá visitante, que tal deixar um comentário?