Se você está construindo ou decorando sua casa, e, gosta de apreciar um bom vinho, talvez a adega elétrica seja a melhor opção para a conservação do vinho.

Aqueles que são apreciadores de vinho sabem o quanto é importante manter a temperatura do ambiente sem variações para garantir uma boa conservação.

Nosso país possui clima tropical, ou seja, grande variação de temperatura o ano inteiro; hora frio, hora calor, a maioria dos estados tem as 4 estações bem definidas. Por isso, a adega elétrica que mantem o vinho na temperatura que desejar.

Se você está construindo ou decorando sua casa e gosta de apreciar essa bebida milenar, talvez a adega elétrica seja uma boa opção.

adega-climatizada

Agora, se você tem muitas garrafas e a adega elétrica não comporta o suficiente, ou se, o que você deseja é um móvel em que as garrafas fiquem à mostra, “um belo e antigo móvel de madeira também tem seu valor”, principalmente quando traz consigo “história”.

mini-bar

As condições ideais para guardar uma garrafa de vinho sem que suas propriedades se estraguem são a uma temperatura constante entre 11ºC e 20ºC e uma umidade relativa do ar de 70%. Também é ideal que as garrafas fiquem deitadas, com pouca luz e pouco movimento, pois é descansando que se realça o sabor do vinho.

O que muita gente não sabe, mas vai saber a partir de agora é que as propriedades do vinho podem mudar com alterações no meio ambiente: calor, mudanças bruscas de temperatura, luz, trepidação, baixa umidade do ar e odores fortes no ambiente.

Quem tem casa grande e consome bastante vinho, tem a opção de usar o porão para armazenagem. Os porões são lugares pouco habitados, por isso não tem muito entra e sai, o que facilita para manter o lugar com a mesma temperatura e umidade.

Mas se você não tem adega, tão pouco porão, deixe o vinho deitado. A rolha, que lacra a garrafa do vinho, é feita de fibra vegetal – e como o vinho não pode entrar em contato com oxigênio, se não oxida, se o mantivermos em pé com o tempo a rolha resseca e permite a entrada de ar.

porao

Logo, se a garrafa está deitada, o próprio vinho irá manter a umidade da rolha e assim fazer com que o aroma e sabor do vinho não sejam alterados, garantindo que você deguste o verdadeiro Terroir que o vinho se propôs a entregar.

Quando ocorre o ressecamento da rolha, as fibras da mesma começarão a se ‘romper’, fazendo com que os poros da rolha aumentem, o que permite que o oxigênio consiga penetrar através da rolha e o ar tenha contato com o vinho.

Por este motivo existe um espaço vazio na garrafa entre o líquido e a rolha, deixados propositalmente pelo fabricante, pois nesse espaço existe oxigênio suficiente para manter o produto em excelente estado.

Olá visitante, que tal deixar um comentário?