Papéis de parede, normalmente duram bastante tempo, e uma de suas vantagens é que pode ser trocado, substituído, sem grandes transtornos e, para os alérgicos, sem cheiro algum.

Cansou do antigo? Vai atualizar a estampa da parede? Então, com certeza, precisa saber por onde começar.

Papéis de parede, normalmente duram bastante tempo, e uma de suas vantagens é que pode ser trocado, substituído, sem grandes transtornos e, para os alérgicos, sem cheiro algum.

Um dos transtornos em utilizar tinta de alvenaria ou madeira (depende de como é sua casa) é que a tinta empregada tem cheiro forte e faz mal para qualquer pessoa com rinite. Mesmo aquelas tintas que são “sem cheiro” fazem os alérgicos passar trabalho. Diferentemente de um papel de parede, que ao ser colocado, não espalha cheiro.

Mas, antes de pensar em remover, lembre-se dos passos preliminares:

  • Cobrir o piso e qualquer outra coisa que você deseja proteger.
  • Desligar os disjuntores de todos os interruptores e tomadas do local.
  • Manter as tampas das tomadas no lugar e cobrir as partes expostas com fita crepe.

Nem todo papel de parede é igual, por isso a forma de retirar também não será igual. Se você conseguir puxar a tira inteira em uma única peça, você tem papel de parede removível.

No caso de uma qualidade mais inferior, apenas a camada superficial irá se soltar, deixando a do fundo na parede, você estará lidando com um revestimento com camada superior destacável.

Se não for possível puxar o revestimento com a mão (ou apenas descascar um pedaço fino de cada vez), você tem papel de parede tradicional. Neste caso, será necessário usar uma solução de decapagem ou um vaporizador.

Papel de parede removível

Se seu papel de parede tiver boa qualidade basta puxar uma ponta, ele se solta inteiro, sem rasgar ou deixar vestígios na superfície. Por isso, quando estiver escolhendo o rolo, opte por “qualidade”, lembre-se do ditado de que “o barato sai caro” e pode dar trabalho.

papel-de-parede- (1)

Papel de parede removível com água

Esse tipo de material precisará ser molhado para poder soltar da parede. Por isso, o trabalhinho será um pouco maior, mas no final ele solta. Será necessário embeber o papel de parede, assim como a cola por trás, de modo a amolecer a cola.

Com uma espátula, vá retirando aos poucos. Há casos em que, o papel de parede é um pouco impermeável, ou seja, difícil de a água penetrar para amolecer a cola.

Se esse for o seu papel será necessário fazer uns cortes com estilete no papel de parede ou ainda raspar, para que a água possa passar pelo papel e molhar a cola.

papel-de-parede-7

Papel de parede destacável

Esse papel de parede possui duas camadas, uma se soltará quando você puxar e a outra uma que ficará colada na parede.

Primeiro retire essa camada mais superficial, puxando gradativamente. Depois, quando a camada debaixo estiver toda exposta, faça o mesmo processo do papel de parede removível com água. Molhe até que a cola amoleça e, com a ajuda de uma espátula, comece a remoção aos poucos.

papel-de-parede- (5)

Papel de parede tradicional

Prepare-se para um pouquinho mais de trabalho. Será necessário usar um vaporizador ou fazer uma decapagem. Tente não comprar esse tipo de papel de parede para não sofrer depois.

Depois de remover o papel, limpe a parede com água morna e sabão, enxágue e seque com um pano seco. Só depois disso aplique o novo papel.

papel-de-parede-

 

Caso ainda não tenha comprado o papel de parede, leve em consideração a remoção futura desse material. Não esperamos que fique pra sempre com o mesmo papel de parede, até porque, muitas tendências futuras virão e o que hoje é moda, amanhã é obsoleto.

Por isso, beleza e praticidade de limpeza são importantes, assim como a facilidade de remoção.

Olá visitante, que tal deixar um comentário?